ÁREA DE MULHER Vermelhidão no rosto – Causas, doenças e cuidados diários

Vermelhidão no rosto – Causas, doenças e cuidados diários

Alergias, tempo, psicológico, produtos, comidas, doenças e outras coisas podem deixar uma pessoa com vermelhidão no rosto como uma pimenta. Essa matéria Vermelhidão no rosto – Causas, doenças e cuidados diários foi criada pelo site Área de Mulher.

Area de Mulher

Quem nunca sentiu a pele quente ou olho no espelho e viu que ela estava avermelhada e ruborizada? Pois é, a nossa pele está sujeira a vários fatores internos e externos que podem afetar seu aspecto e aparência. Desse modo, a vermelhidão no rosto é um desses fatores que não agradam muito a maioria das pessoas que sofrem com ela constantemente.

A vermelhidão no rosto pode acontecer por conta de hábitos diários das pessoas, do clima, do estilo de vida estressante, de doenças, entre outras mais. É importante saber quais são as causas que trazem o rubro ao rosto. Contudo, nunca evite a opinião especializada de um dermatologista ao notar essa situação na sua face.

Vermelhidão no rosto – causas

Existem muitas coisas que podem podem fazer nossa pele do rosto ficar avermelhada. Entre elas, doenças sérias como psoríase a apenas um cuidado diário de usar filtro solar e não pegar muito sol podem ajudar a evitar esse incômodo.

Fatores comuns

A seguir, você vai poder saber um pouco e o por que alguns hábitos ou causas ambientais comuns podem afetar a pele facial e causar vermelhidão no rosto.

Calor e exposição ao sol

Quando uma pessoa fica certo tempo ao sol ou exposta ao calor, se não tomar cuidado com a exposição extrema a ele, pode queimar a pele. Assim, ela passa a ficar cada vez mais avermelhada. Contudo, apenas em casos extremos as queimaduras chegam a ser graves. Desse modo, muito calor e muito sol trazem um rubor à pele.

Pele clara

Pessoas de pele muito clara tendem a ficar vermelhas com mais facilidade. Isso acontece porque a melanina, pigmento que dá mais ou menos cor às pessoas, não é produzida em excesso naquele corpo. Desse modo, a epiderme, camada mais externa da pele e que enxergamos, fica mais facilmente exposta ao sol e reage a ele mais rapidamente, ficando vermelha.

Comidas apimentadas

Comidas apimentadas tendem a ser as mestres em deixar as pessoas ruborizadas. A pimenta possui uma substância que estimula os nervos da região da boca. Assim, quanto maior a agitação, mais calor é liberado. Enfim, quanto mais calor, mais suor e ruborização vai existir.

Mudanças radicais de temperatura

Quando está muito calor e a temperatura cai de repente ou pegamos um vento gelado no rosto, as bochechas ficam rosadas. Isso é comum porque ventos muito frios, por exemplo, machucam as células do rosto. Em suma, quanto mais clara a pele da pessoa, mas notável isso é. Além disso, se a pele não estiver devidamente hidratada e protegida, mais vermelha e ressecada vai ficar.

Alergias

A vermelhidão no rosto também pode vir de alergias, que existem devido a inúmeras coisas. Varia de pessoa para pessoa. Geralmente, a quantidade de pimenta de uma comida, contato com alguma substância forte (como produtos cosméticos) ou pele naturalmente mais sensível são fatores comuns. Em suma, é importante procurar um médico dermatologista caso note reações da pele a alguma coisa que ingeriu ou encostou.

Estresse

Situações psicológicas também fazem com que o rosto fique vermelho. Ansiedade, estresse, vergonha, nervosismo e outros, fazem com que o corpo tenha um aumento do hormônio adrenalina. Com isso, o coração acelera e a temperatura do corpo também aumenta, além da dilatação dos vasos sanguíneos. Desse modo, com a pele do rosto sendo mais delicada, a maior quantidade de sangue nas veias e artérias faz com que fiquemos vermelhos e ruborizados.

É comum que o rosto fique avermelhado quando a pessoa encontra-se em situações mais estressantes, que gera ansiedade, vergonha ou nervosismo, pois nessas situações há uma descarga de adrenalina, que faz o coração acelerar e a temperatura do corpo começa a subir, além de haver dilatação dos vasos sanguíneos, aumentando o fluxo sanguíneo. Como a pele do rosto é mais fina, esse aumento do fluxo sanguíneo pode ser facilmente percebido por meio da vermelhidão no rosto.

Atividade física

No mesmo princípio do calor, comidas apimentadas e situações psicológicas, exercícios físicos também trazem vermelhidão no rosto. O excesso de agitação e, consequentemente, calor das células do corpo e dilatação dos vasos, faz com que mais sangue vá para a região da face. É nesse momento que surge a vermelhidão.

Doenças que causam vermelhidão no rosto

1. Lúpus

Quando alguém tem lúpus, as células do sistema imunológico (que combate doenças) ataca os próprios órgãos e tecidos saudáveis da pessoa. Desse modo, várias coisas podem acontecer com o corpo, incluindo vermelhidão e manchas no rosto. O lúpus ainda não tem cura descoberta, apenas formas de tratamento também com cremes e remédios orais.

2. Dermatite atópica

Esse é um tipo comum de dermatite. Conhecida como eczema, a dermatite atópica é crônica e causa inflamação na pele. Assim, manchas e lesões avermelhadas passam a surgir na pele. Essas lesões podem ter crostas e coçar.

Basicamente, essa dermatite pode vir de fatores genéticos ou alergias, sendo mais comum em crianças. O tratamento é feito com ingestão de muita água, cremes, hidratantes e corticoides para melhorar a coceira e inflamação.

3. Dermatite seborreica

Na dermatite seborreica, manchas vermelhas que descamam a pele aparecem as várias partes do rosto. Assim, sobrancelha, nariz, couro cabeludo e orelhas são os mais afetados. Aqui, o estresse, alergias, fungos e fatores genéticos podem fazer com que ela apareça. Geralmente, shampoos e cremes com substâncias específicas são usados para o controle dessa dermatite.

5. Dermatite de contato

De forma resumida, quando a pele entra em contato com alguma substância que a irritou, surge a dermatite de contato, como o nome aponta. Assim, nota-se uma reação alérgica na região, podem ser manchas, bolhas, ressecamento, inchaço ou vermelhidão. Remédios orais e externos como pomadas podem ser prescritos para tratar os casos.

6. Psoríase
Vermelhidão no rosto – Causas e cuidados diários

Vermelhidão no rosto – Causas e cuidados diários

Area de Mulher
Kim Kardashian é uma celebridade que tem psoríase e frequentemente mostra como é tratar da doença / Fonte: R7

A psoríase é uma doença que provoca a rápida produção de novas células de pele. Com isso, a pessoa passa a ter lesões pelo corpo, que são vermelhas e descamam. De forma resumida, a psoríase não tem cura total, apenas formas de alívio e tratamento com cremes, pomadas, lasers e remédios via oral.

7. Rosácea

A rosácea causa vermelhidão no rosto porque surgem pústulas que parecem espinhas de acne na pele. É uma doença de causa desconhecida. Entretanto, existem estudos que sugerem que as causas dela podem ser hereditárias, imunológicas ou externas. Desse modo, ela pode começar a ficar evidente a qualquer momento que desencadeie sua chegada.

Por fim, a rosácea pode mostrar sinais de vasos aparentes, pele mais áspera, sensação de calor e inflamação. Além disso, é comum entre pessoas de 30 a 50 anos.

8. Doença da bofetada

Essa é uma doença incomum que atinge principalmente crianças. A doença da bofetada tem o nome de eritema infeccioso, causada pelo Parvovírus B19. Consequentemente, pro ser um vírus, atinge as vias respiratórias, causando febre, coriza e manchas grandes e vermelhas no rosto. Assim, surge o nome conhecido da doença.

Em suma, é importante consultar um pediatra para avaliação, pois o eritema pode ser facilmente confundindo com uma gripe comum.

Evitando a vermelhidão no rosto

Vermelhidão no rosto – Causas e cuidados diários

Vermelhidão no rosto – Causas e cuidados diários

Area de Mulher
Fonte: Hiperidrose

Para cuidar ou evitar que uma vermelhidão no rosto aconteça, é importante saber o que está acontecendo com sua pele. Cada pessoa é diferente e possui uma pele diferente. Sendo assim, é importante sempre consultar um médico dermatologista antes de iniciar algum tratamento caseiro, principalmente quando falamos sobre doenças de pele como as listadas acima.

Contudo, existem cuidados e hábitos diários que podem evitar a vermelhidão no rosto. Em suma, dependendo do fator externo ou interno que a desencadeou, essas precauções e hábitos também ajudam no cuidado geral da pele. São eles:

Uso de filtro solar (evita a queimadura das células); Sabonete e loções para peles sensíveis (comprar o tipo certo para a sua pele evita a vermelhidão no rosto); Banhos mornos e sem vapor; Água termal (acalma a pele); Toalhas macias (o atrito com toalhas irrita a pele);  Alimentos apimentados (evite para não estimular as células do rosto).

Por fim, esses cuidados básicos ajudam a prevenir a vermelhidão no rosto que você pode estar sofrendo há muito tempo. Em suma, sempre procure um acompanhamento médico.

Fontes: Tua Saúde, Garce, Derma Club

Imagens: Hiperidrose, Forbes Brasil, Banco da Saúde, R7 Notícias

Essa matéria Vermelhidão no rosto – Causas, doenças e cuidados diários foi criada pelo site Área de Mulher.

Últimas