Rosto com espinha – Causas, dicas e melhores tratamentos

O principal culpado pelo rosto com espinha são os hormônios, ou seja, quando há uma grande oscilação hormonal, independente do motivo.

As espinhas são, basicamente, uma inflamação na pele. Mas que podem ser causadas por diversos motivos! Apesar de ser mais frequente durante a adolescência, ter um rosto com espinha também pode ser um tormento durante diversas épocas da vida. Principalmente quando o aumento dos níveis hormonais estimula as glândulas sebáceas, ocasionando oleosidade na pele.

Normalmente, esse óleo é fabricado pelas glândulas pois é essencial à proteção da pele. Sendo assim, essa secreção, juntamente com células mortas, atravessa os folículos pilosos (orifícios de onde saem os pelos) para ser eliminada. Mas, quando a produção se torna excessiva, parte desse sebo se acumula e entope os poros. Dessa forma, o acúmulo oleoso atrai para o local bactérias, sobretudo a Proprionibacterium acnes.

Dessa maneira, substâncias tóxicas que irritam a pele são liberadas. Consequentemente, para barrá-lo, células de defesa são recrutadas e desencadeiam uma reação inflamatória. E é assim que se formam os cravos, que em casos mais graves ficam avermelhados e produzem pus.

O que ocasiona o rosto com espinha?
Rosto com espinha - os melhores tratamentos e dicas

Rosto com espinha - os melhores tratamentos e dicas

Area de Mulher
Fonte: renatacastanheira

Primeiramente, um dos maiores culpados pelas espinhas, são os hormônios. Por isso é tão comum na adolescência, momento pelo qual há uma grande oscilação hormonal. E é pelo mesmo motivo que muitas mulheres sofrem com acne durante o período menstrual.

Mas as espinhas e cravos são comuns em todas as idades, e outro fator influente é a genética. Algumas pessoas, simplesmente, tendem a ter uma intensa produção sebácea.

De qualquer forma, não podemos esquecer também dos fatores externos, como maquiagem e cosméticos, por exemplo. Muitas vezes, as mulheres utilizam bases, cremes e outros produtos para esconder as imperfeições ou evitar o envelhecimento. Porém muitas vezes acabam usando componentes oleosos ou não removem corretamente, e isso acaba entupindo os poros e causando inflamações.

O que, por muito tempo, foi considerado um mito, hoje em dia, tem um embasamento científico. Segundo os dermatologistas, alimentos altamente calóricos e com alto teor de gordura, principalmente os ricos em glicose (como chocolate), favorecem as infecções. Quando o organismo se depara com picos de açúcar, ele rapidamente coloca a insulina (hormônio que controla a taxa de glicose) em ação para controlar as alterações, e quando há desregulação hormonal, aparece a acne.

Claro que não é o apenas a alimentação que resulta em espinhas, porém, para um organismo que já tem tendencia à acne, os alimentos podem ter uma grande influencia.

Dicas para rosto com espinha
Rosto com espinha - os melhores tratamentos e dicas

Rosto com espinha - os melhores tratamentos e dicas

Area de Mulher
Fonte: naomaispelo

Para se evitar um rosto com espinha, é necessário alguns cuidados. O tão falado skincare é necessário para todos, até mesmo quem não sofre com a pele acneica. Sendo assim, lavar o rosto com um sabonete ideal para o seu tipo de pele é essencial! Mas lembre-se, não mais que duas vezes ao dia, para não desregular a produção sebácea da pele.

E uma dica que todos já estão cansados de ouvir, é “não espremer ou cutucar os cravos e espinhas”. O recomendado é que vá em uma especialista para uma limpeza de pele. Pois ao fazer isso em casa, pode resultar em manchas e até mesmo inflamações mais graves.

O filtro solar é outra dica fundamental para a saúde da pele. Os raios solares são extremamente agressivos e, além da acne, também causa manchas e pior ainda, câncer de pele. Alguns tendem a ser bastante oleosos, por isso é importante prestar atenção e observar para qual tipo de pele é o produto.

Tratamento para o rosto com espinha
Rosto com espinha - os melhores tratamentos e dicas

Rosto com espinha - os melhores tratamentos e dicas

Area de Mulher
Fonte: Independente

Já o tratamento da acne deve ser feito primeiramente com um profissional. Ele é o mais adequado identificar a causa e, assim, receitar o produto especifico para solucionar o seu problema.

Isso porque o tratamento varia de acordo com a gravidade e o tipo de acne. Nos casos mais leves geralmente são indicados medicamentos externos, em forma de pomadas, cremes e gel.

Já para casos mais graves, muitas vezes são necessários antibióticos ou anti-inflamatórios via oral. O tratamento mais conhecido é feito com isotretinoína, o famoso roacutan, um medicamento que regula a produção de gordura pelo organismo, mas que ao mesmo tempo, possui diversos efeitos colaterais. Por isso, só deve ser utilizado sob indicação médica e após exames que garantam a regularidade do organismo.

Para as mulheres, outro tratamento é o uso do anticoncepcional, pois ele pode auxiliar na regulação hormonal.

Quer saber mais sobre como cuidar da pele? Leia Sabonetes para pele oleosa – 5 melhores opções para o controle de oleosidade.

Fontes: Drauziovarella, lojaadcos, saudeabril.

Imagem de destaque: Verywell

Essa matéria Rosto com espinha – Causas, dicas e melhores tratamentos foi criada pelo site Área de Mulher.