Reeducação alimentar – Como começar, dúvidas e dicas

A reeducação alimentar pode ser um bom caminho para emagrecer de forma saudável. Fique por dentro de como funciona e quais suas vantagens.

Primeiramente, a reeducação alimentar é um processo que muitas pessoas buscam quando querem melhorar a qualidade de vida. Além disso, é um processo ideal para quem quer emagrecer de forma saudável, reformulando o cardápio diário. Acima de tudo, com a reeducação alimentar, é possível perder peso sem o risco de engordar facilmente depois.

Certamente esse é um procedimento que conta com uma alimentação saudável. A preferência passa a ser frutas, legumes, verduras e proteínas magras. Não que comidas como bolo, refrigerantes e outras comidas pesadas sejam vetadas 100% do cardápio. Elas apenas passam a ser consumidas em uma quantidade muito inferior e controlada.

Além disso, nesse processo é fundamental que os hábitos antigos sejam eliminados por completo. A reeducação requer também bastante compromisso. É um meio efetivo e eficaz para quem não quer recorrer a cirurgias ou remédios. Dessa maneira, mudar a rotina e a alimentação pode parecer difícil, mas na verdade, se acostumando, passa a ser uma grande mudança positiva.

Reeducação alimentar - tudo que você precisa saber para começar

Reeducação alimentar - tudo que você precisa saber para começar

Area de Mulher
Fonte: Instituto Cristina Martins Como começar?

Primeiramente, a reeducação alimentar é um processo longo, por isso, o começo é importante para definir o resto do processo. Assim, para facilitar a entrada nessa nova etapa, é indicado que haja um acompanhamento profissional de uma nutricionista, para melhor ajudar.

Certamente, o primeiro passo é a identificação de quais mudanças alimentares precisam ser feitas. O que é necessário trocar para que sua dieta fique saudável? Por exemplo trocar beber refrigerante por beber sucos naturais sem açúcar.

Além disso, o objetivo não é retirar tudo que você se alimentava antes ou trocar 100% da sua alimentação, mas sim ir substituindo o estilo antigo por um novo estilo mais saudável. É importante que os nutrientes básicos ainda estejam presentes na hora de refeição. Nisso tudo, também é importante considerar seu peso, idade, sexo e estilo de vida.

Reeducação alimentar - tudo que você precisa saber para começar

Reeducação alimentar - tudo que você precisa saber para começar

Area de Mulher
Fonte: Blog Prosa Amiga Pré-natal – O que é, para que serve, quais exames fazer × Dieta x Reeducação alimentar

Definir o que é reeducação alimentar é necessário para seu entendimento. Como falado anteriormente, a reeducação é um processo de mudanças alimentares, de uma nova alimentação baseada em você. Não é algo que vai te limitar de comer alguma coisa, muito menos que vai restringir seu cardápio. Nesse processo, a alimentação é algo moderado e consciente.

A maneira como comemos e temos nossas preferências atua diretamente nisso. Cortar alimentos é uma maneira muito drástica de se perder peso, e pode causar muito sofrimento para algumas pessoas. Dessa maneira, o intuito disso é mudar como enxergamos os alimentos e escolher versões mais saudáveis dos mesmos.

A maioria das dietas, ao contrário, é restritiva. Dietas como a low carb cortam alguns prazeres e podem exigir cada vez mais das pessoas que a querem por em prática. Ainda, requer um sacrifício alimentar maior ainda. Em soma, com uma dieta dessas, quando se volta a comer algo calórico que ficou muito tempo de ingerir, o corpo absorve as calorias em maior quantidade de que se não houvesse parado de ingerir.

Por isso, o controle na reeducação alimentar é imprescindível.  Pode-se ingerir todos os alimentos que desejar, contanto que seja de maneira equilibrada e na quantidade certa. Ainda, com a perda de peso, você perceberá que a reeducação alimentar melhora o funcionamento do intestino e estômago, além de deixar nosso corpo em geral, como unhas, cabelos e pele mais saudáveis.

Reeducação alimentar - tudo que você precisa saber para começar

Reeducação alimentar - tudo que você precisa saber para começar

Area de Mulher
Alimentação equilibrada. Fonte: A mulher Dúvidas frequentes Tem como gastar pouco?

Sim! O segredo do processo é mudar os hábitos cotidianos, e ele não é apenas destinado para classes sociais altas. É possível sim, de fato, comer bem gastando pouco. Coisas simples que podem ser feitas, por exemplo, é economizar dinheiro em restaurantes e começar a preparar suas próprias refeições.

É comum que na correria do dia-a-dia, o tempo não deixe as pessoas cozinharem ou prepararem seu almoço ou jantar diariamente. Por isso, outra dica é investir nas marmitinhas feitas em casa. Separe um dia da semana que você tenha tempo e prepare comida para semana toda. Separe o preparo em marmitas e congele. Assim, sempre que for almoçar/jantar, você terá uma comida saudável a disposição.

Além de ser bom para saúde, ainda é econômico. O uso de ingredientes que você já tem na sua casa é inevitável, e ainda por cima, ainda aproveita alguns alimentos que estão parados e guardados.

Reeducação alimentar ajuda a emagrecer?

Sim! Esse é um tópico bastante discutido, e é o que leva a maioria das pessoas a entrar nessa. A pessoa, seguindo as recomendações certinho, consegue emagrecer de maneira saudável. Com um nutricionista acompanhando, o emagrecimento é ainda mais eficaz. Porém, vale lembrar que não é um processo rápido, ele quer comprometimento e pode demorar um pouco até apresentar grandes resultados.

É importante lembrar também que virão outros benefícios além do emagrecimento. Primeiramente, vem também uma mudança comportamental, que garante um corpo mais saudável. É possível ver diferença na imunidade e no bom funcionamento dos órgãos corporais também. Em soma, cabelos, unhas e pele ficam aparentemente mais saudáveis, bonitos e fortes.

Reeducação alimentar - tudo que você precisa saber para começar

Reeducação alimentar - tudo que você precisa saber para começar

Area de Mulher
Fonte: Medium Dicas Beba muita água.

Beber água e se hidratar é um passo muito importante. A água, além de não ser calórica, tem propriedades que auxiliam na limpeza do corpo e dos órgãos que ajudam na digestão. Limpa as toxinas indesejadas do corpo e ajuda a manter o equilíbrio da alimentação.

O ideal é beber de 1,5 a 2 litros de água por dia. Porém, pode ser uma tarefa difícil para quem não gosta do líquido. Uma dica, então, é espremer algumas gotas de limão ou fazer água com sabor sem adição de açúcar. Pode-se utilizar hortelã, gengibre, laranja e algumas pessoas usam até mesmo maçã.

Refeições planejadas

Nunca fique mais de 3 horas sem comer. É importante para digestão que o estômago receba comida de 3 em 3 horas, e isso, em soma, ainda faz com que nossas porções de comida se diminuam. Isso acontece pois como há a ingestão de comida em períodos menores, o corpo não precisa de tanta comida de uma vez só.

Além disso, o nível de glicose no sangue fica mais estável, fazendo com que você sinta menos fome. Porém, preste atenção na hora de comer. Como serão mais paradas para comer, é necessário que você coma menos em cada porção. O ideal é que a quantidade de alimentos diários seja distribuída em porções.

A programação deve ser composta por café da manhã, seguido por um lanche também de manhã. Após isso, temos o almoço, e o lanche da tarde. Já de noite, temos o jantar e um lanche mais a noite. Para quem tem dificuldade em fazer esse número de refeições, um truque é comer menos nas refeições principais para fazer um lanche/petisco adequado. Lembrando sempre que as porções tem que ser equilibradas conforme você vai comendo.

Reeducação alimentar - tudo que você precisa saber para começar

Reeducação alimentar - tudo que você precisa saber para começar

Area de Mulher
Fonte: Saúde e Vitalidade Escolha de alimentos

Conforme você vá trocando sua alimentação, é necessário expandir os horizontes na hora de escolher os novos alimentos. Esteja sempre aberto a novas possibilidades e tente experimentar novas opções que talvez não estivessem em seu cardápio anteriormente.

Uma questão que pode ser considerada é consumo de frutas, verdura e legumes em geral. Muitas pessoas possuem alguns preconceitos com alguns alimentos sem ter ao menos experimentado eles. Existem várias maneiras de se provar um alimento. Assim, se você não gostou da primeira vez que comeu, experimente algum jeito diferente de cozinhar ou provar ele.

Comidas industrializadas possuem bastante intensificantes de sabor, assim, não se deixe levar por isso e nunca compare o que você está comendo com fast food. A reeducação alimentar atua também na mente, e você se sentir à vontade e gostar do que come faz muita diferença no resultado.

Dessa maneira, tente planejar diariamente suas refeições para que você esteja sempre de acordo com o que está comendo. Busque novos sabores, tente incluir frutas em seus lanches e não tenha medo de apostar em sabores naturais.

Atividade física

Para complementar seu processo de reeducação alimentar, combine ele à pratica de atividades físicas. Dessa maneira, além de ajudar o corpo, você ainda acelera seu metabolismo e ajuda a reduzir medidas no corpo quando o propósito é emagrecimento.

A atividade física em si já faz bem para o organismo e auxilia na queima de grandes calorias. Independente de qual for, alinhar ela a alimentação é uma combinação espetacular. Em soma, com uma maior queima de calorias, você ainda fica livre para, de maneira controlada, comer algumas coisinhas que gosta a mais.

Reeducação alimentar - tudo que você precisa saber para começar

Reeducação alimentar - tudo que você precisa saber para começar

Area de Mulher
Fonte: A Mulher

Quer saber mais sobre alimentação saudável? Então não perca a matéria: Sanduíche natural ajuda na dieta? [10 receitas para fazer em casa].

Fontes: Tua Saúde Minuto Saudável

Fonte imagem destacada: Drograria Santo Remédio

Essa matéria Reeducação alimentar – Como começar, dúvidas e dicas foi criada pelo site Área de Mulher.