ÁREA DE MULHER Pelo encravado – O que é, causas e como prevenir

Pelo encravado – O que é, causas e como prevenir

O pelo encravado é um problema muito comum e também muito incômodo, mas felizmente pode ser evitado com algumas dicas simples.

Area de Mulher

O pelo encravado é um problema muito comum, que pode afetar todo mundo que tem pelos. Ou seja, todas as pessoas, sem distinção de gênero ou idade. Quem tem o hábito de se depilar com frequência, seja com cera ou lâmina de barbear, está bem familiarizado com os pelos encravados.

Os pelos nascem no fundo do folículo piloso, e são divididos em duas partes. A primeira parte é a raiz, que fica dentro da derme, e a segunda é a parte que sai para fora da pele, o pelo que vemos. O pelo encravado acontece quando essa segunda parte não consegue romper a camada de queratina e sair para fora, ficando presa na camada interna da derme.

Desse modo, os pelos encravados podem causar coceira, dor, vermelhidão e inchaço na região. Nada grave, mas que pode gerar muito incômodo. É mais comum acontecer com os pelos mais grossos e encaracolados, afetando principalmente a região da virilha, axila, e no caso dos homens, na região do rosto e pescoço.

Por isso, hoje iremos entender melhor o que causa o pelo encravado, como tratar e prevenir esse inconveniente.

Pelo encravado

Pelo encravado - O que é, causas, como tratar e previnir

Pelo encravado - O que é, causas, como tratar e previnir

Area de Mulher
Vix

O pelo encravado ocorre quando a haste do pelo não consegue sair da pele. Sendo assim, como o pelo não para de crescer, ele irá se curvar e penetrar novamente o folículo piloso, se desenvolvendo dentro da própria derme. Então o organismo entende isso como a formação de um corpo estranho, e começa a agir para expulsá-lo do corpo.

Quando isso acontece, o pelo encravado começa a inflamar, originando a foliculite. Nesse caso, o pelo encravado fica inflamado, com a aparência de uma espinha, podendo ou não ter pus, causar vermelhidão, coceira e dor.

Contudo, os pelos encravados podem aparecer em qualquer lugar do corpo, mas acontece com mais frequência em regiões em que os pelos são mais grossos e espessos.

Depilação em casa – Como fazer, técnicas e cuidados

×

Causas do pelo encravado

Pelo encravado - O que é, causas, como tratar e previnir

Pelo encravado - O que é, causas, como tratar e previnir

Area de Mulher
Universa

As causas do aparecimento de pelos encravados podem variar bastante de pessoa para pessoa. No entanto, um dos fatores mais comum é a depilação. O corte ou remoção da raiz dos pelos, seja através de cera quente, lâmina de barbear ou creme depilatório, é uma das principais causas da ocorrência desse problema.

Mas além disso, a falta de higiene, acúmulo de células mortas na pele, atrito causado por roupas apertadas, e pequenas lesões cutâneas também estão ligados ao surgimento de pelos encravados. Tudo isso pode resultar na obstrução dos poros que impedem a passagem do pelo para a camada externa da pele.

Pelo encravado na região íntima

Pelo encravado - O que é, causas, como tratar e previnir

Pelo encravado - O que é, causas, como tratar e previnir

Area de Mulher
Women’s Health

Os pelos encravados são um verdadeiro incômodo em qualquer lugar do corpo, mas na região íntima isso é ainda pior. Além da dor e desconforto, os pelos encravados nessa região podem ser facilmente confundido com outros problemas, como furúnculos, verrugas e até herpes. E isso pode ser um grande problema.

Mas como vimos até aqui, esses pelos são principalmente um efeito colateral da depilação, especialmente da feita com lâmina. Esse por sua vez não é um problema sério, sendo fácil de prevenir. O pelo encravado é identificado por um inchaço vermelho, e leve desconforto na região, muito semelhante a uma espinha. Em alguns casos, é possível até ver o pelo crescendo abaixo da pele.

Já a herpes se trata de uma lesão muito mais elevada, e muito dolorosa, diferente da causada por pelo encravado. As verrugas também são bem diferentes, já que são maiores, e não apresentam coceira nem dor.

Então, identificado ser um pelo encravado, não há muito o que se preocupar.

Como prevenir e tratar os pelos encravados

Pelo encravado - O que é, causas, como tratar e prevenir

Pelo encravado - O que é, causas, como tratar e prevenir

Area de Mulher
Claudia

Normalmente, a tendência é que os pelos encravados desapareçam naturalmente. Mas existe algumas medidas que podem melhorar o incômodo e evitar o seu surgimento.

Esfoliação e hidratação são duas coisas que ajudam consideravelmente a prevenir o surgimento de pelos encravados, independentemente do método de depilação. Isso porque a esfoliação remove as células mortas e outras impurezas da pele. Essas que podem atrapalhar a saída do pelo. Fazendo isso, seguido de uma hidratação, duas vezes por semana já é o suficiente para liberar os pelos que possam estar presos sob a pele. Evite depilar a região que tem pelos encravados. Espere que a pele se recupere antes de remover os pelos. Antes da depilação, umedeça a região com água morna ou toalha quente por uns três minutos. Isso ajudará a abrir os poros, facilitando a remoção dos pelos. No caso de perceber que o pelo ultrapassou a camada da pele, use uma pinça para removê-lo. Faça uma compressa ao menos duas vezes ao dia sobre a área inflamada. O ideal é usar água pura ou chá de camomila. Isso, junto ao calor irá drenar o pus, e consequentemente diminuir o inchaço. Antes de se depilar com a lâmina, umedeça a região e se possível passe espuma ou sabonete, isso ajuda a lâmina a deslizar mais facilmente. E assim, evita o atrito com a pele. Troque a lâmina frequentemente, já que quanto mais afiada, mais fácil será a depilação. Além disso, faça uma boa higienização da lâmina, e não compartilhe com outras pessoas. Tudo isso diminui as chances de irritações e possíveis infecções. Como roupas muito apertadas podem causar atrito na pele e causar o pelo encravado, o ideal é evitar esse tipo de roupa. Além de optar por tecidos mais leves.

Quando procurar um médico

Pelo encravado - O que é, causas, como tratar e prevenir

Pelo encravado - O que é, causas, como tratar e prevenir

Area de Mulher
PartMed

Por fim, no caso de os inchaços continuarem aumentando, de sangramento e linfonodos muito inflamados, é a hora de procurar um médico dermatologista. Esses sintomas podem ser um sinal de que os pelos encravados estão infectados, e seja necessário o uso de antibióticos.

Enfim, o que achou dessa matéria? Aproveite para conferir também como fazer depilação em casa.

Fontes: Insider  Drauzio  Gillette Venus Women’s Health 

Imagem destacada: Viva Bem 

Imagens: Vix  Universa Women’s Health  Claudia  PartMed

Essa matéria Pelo encravado – O que é, causas e como prevenir foi criada pelo site Área de Mulher.

Últimas