Paroníquia – O que é, causas, sintomas e tratamento

A paroníquia é uma inflamação de pele que ocorre na região próxima as unhas dos pés e das mãos. Embora seja um problema comum, pode incomodar muito.

A paroníquia é um tipo de inflamação que ocorre nos dedos dos pés ou das mãos, na região ao redor das unhas. Ela é caracterizada por uma vermelhidão, incomodo, e em alguns casos até acúmulo de pus debaixo das unhas. Inclusive, é um problema muito comum, já que está relacionado a lesões na cutícula, que podem ser causados pela sua retirada, no caso, no ato de fazer as unhas. Contudo, existem outros fatores que podem ocasionar essa inflamação.

Além disso, existem dois tipos específicos de paroníquia, mas os dois são tratáveis e podem ser prevenidos. Para isso, basta tomar alguns cuidados básicos para evitar o surgimento da paroníquia.

Por ser uma inflamação comum, ela pode acontecer em qualquer pessoa. Mas, no caso de não cuidar, essa simples inflamação pode evoluir para infecções mais graves. Portanto, hoje iremos entender melhor o que causa a paroníquia, os seus tipos e como se é feito o seu tratamento.

O que é paroníquia?

Paroníquia – O que é, causas, tipos, sintomas e tratamento

Paroníquia – O que é, causas, tipos, sintomas e tratamento

Area de Mulher
Dicas de Saúde

Conhecida popularmente como unheiro, a paroníquia como dito anteriormente, é uma inflamação da pele ao redor das unhas, podendo acontecer nos dedos dos pés e das mãos. Dependo do tipo e gravidade, pode resultar no acúmulo de pus na região próxima à unha e abaixo dela.

A paroníquia é causada a partir de lesões e feridas na membrana que protege as unhas, no caso a cutícula. Ou seja, o ato de fazer a unha e retirar a cutícula com um alicate, morder ou puxar as peles da unha podem favorecer o surgimento dessa inflamação. Além disso, o contato direto com produtos químicos, como detergente, por exemplo, e água também podem causar a paroníquia.

Sendo assim, essas lesões possibilitam o contato direto de agente irritantes e infecciosos nessa região, provando uma inflamação no organismo.

Unha Inflamada – O que causa, como evitar e como tratar em casa

×

Tipos de paroníquia

Essa inflamação de pele pode se apresentar em dois tipos: aguda e crônica. Vamos conhecer cada uma delas a seguir:

Paroníquia aguda
Paroníquia – O que é, causas, tipos, sintomas e tratamento

Paroníquia – O que é, causas, tipos, sintomas e tratamento

Area de Mulher
Manual MSD

A paroníquia aguda é o tipo mais comum dessa inflamação, podendo aparecer apenas em uma unha, logo após uma lesão mais grave da região. Na maioria dos casos de paroníquia aguda, o problema é causado por bactérias, que entram na pele a partir de uma ferida mais exposta.

Desse modo, uma ferida desse tipo pode ser causada na hora de fazer a unha. Sabe quando a manicure tira um “bife” da sua unha? Então, esse tipo de ferida pode causar a paroníquia. Além disso, o hábito de roer unhas ou arrancar a pele ao redor das unhas sem cuidado também pode causar essa inflamação.

Paroníquia crônica
Paroníquia – O que é, causas, tipos, sintomas e tratamento

Paroníquia – O que é, causas, tipos, sintomas e tratamento

Area de Mulher
Vida Ativa

Já a paroníquia crônica é resultado de uma infecção causada por fungos, conhecidos popularmente como micose. Enquanto a primeira aparece subitamente, a paroníquia crônica se desenvolve lentamente, podendo afetar várias unhas ao mesmo tempo. Ela é percebida por um aumento considerável de sensibilidade ao redor das unhas, vermelhidão e inchaço gradual.

Esse tipo de inflamação é mais comum em pessoas que têm contato frequente com água e produtos químicos. E também em diabéticos, que tem uma predisposição a esse tipo de inflamação causada por feridas.

Sintomas da paroníquia

Paroníquia – O que é, causas, tipos, sintomas e tratamento

Paroníquia – O que é, causas, tipos, sintomas e tratamento

Area de Mulher
Women’s Health Brasil Dor e incomodo na região ao redor das unhas Sensibilidade Inchaço progressivo Vermelhidão E em alguns casos agudos, o surgimento de pus ao em baixo da unha e ao redor dela

Os sintomas são basicamente os mesmos nos dois tipos de paroníquia, no entanto, em casos crônicos, eles podem ser menos agressivos, ainda que presentes.

Diagnóstico

Paroníquia – O que é, causas, tipos, sintomas e tratamento

Paroníquia – O que é, causas, tipos, sintomas e tratamento

Area de Mulher
BNT

A partir desses sintomas, a própria pessoa pode identificar um problema, ainda mais em casos agudos que os incômodos são mais pontuais. Desse modo, o ideal é procurar um dermatologias para avaliar a lesão e dar um diagnóstico mais assertivo.

Em alguns casos de paroníquia crônica, pode haver até a necessidade de examinar a pele e secreções para identificar o tipo de micro-organismo que causou a infecção. Assim, podendo indicar o tratamento mais adequado.

Tratamento

Paroníquia – O que é, causas, tipos, sintomas e tratamento

Paroníquia – O que é, causas, tipos, sintomas e tratamento

Area de Mulher
Aproveitando a Terceira Idade

No caso da paroníquia aguda, o tratamento pode consistir em compressas quentes, unidos ao uso de anti-inflamatórios de aplicação local, e antibióticos.

Para o tratamento da infecção tipo crônica, pode ser necessário o uso de antifúngicos entre outros medicamentos específicos para o tratamento de micoses.

Em situações mais agravadas, que há um grande acúmulo de pus, poderá ser necessário fazer uma drenagem para fazer a retirada. Mas esse procedimento só pode ser feito sob orientação médica especializada.

Recuperação

Paroníquia – O que é, causas, tipos, sintomas e tratamento

Paroníquia – O que é, causas, tipos, sintomas e tratamento

Area de Mulher
SP Bancários

A recuperação da inflamação é um tanto quanto rápida, principalmente no caso de paroníquia aguda. Apesar dos sintomas serem mais incômodos, a inflamação pode ser contida em poucos dias, a partir do início do tratamento. Sendo assim, entre 5 e 10 dias, já é possível notar a recuperação completa tanto da unha quanto da pele ao redor. E nesse caso não fica nenhuma sequela.

Já no caso de paroníquia crônica, que a infecção é causada por um fungo, a recuperação completa pode levar mais tempo. Normalmente, até 6 semanas após o começo do tratamento já é possível conter a inflamação. Contudo, em alguns casos pode ocorrer uma deformação da unha em virtude dos micro-organismos.

Desse modo, pode acontecer da unha ou parte dela se soltar da pele. Nessas situações, a recuperação pode demorar mais, já que unha precisa crescer novamente.

Importante lembrar que, mesmo após a recuperação completa, a paroníquia pode voltar a aparecer se não for tomados os cuidados necessários.

Prevenção

Paroníquia – O que é, causas, tipos, sintomas e tratamento

Paroníquia – O que é, causas, tipos, sintomas e tratamento

Area de Mulher
Huffpost

Contudo, se trata de uma infecção que pode ser prevenida, para evitar os seus sintomas. Sendo assim, alguns cuidados incluem:

Preferencialmente não retirar a cutícula, ou se retirar, fazer isso com cuidado para não ferir a região Usar luvas quando for trabalhar com água e produtos químicos por muito tempo Não roer as unhas e/o arrancar a cutícula com o dente Manter a higiene dos pés e das mãos Diminuir o uso de acetona e outros removedores de esmalte que ressecam a pele

Por fim, como vimos até aqui, a paroníquia não é uma problema muito grave, no entanto, pode se agravar e causar outras infecções. Portanto, o ideal é cuidar das unhas, e se identificar a inflamação, fazer o tratamento corretamente.

Enfim, o que você achou dessa matéria? Aproveite para aprender como fazer unhas cromadas em casa.

Fontes: Doctor Shoes  Manual MSD Manual MSD

Imagem Destacada: Vix

Imagens: Vida Ativa Manual MSD Dicas de Saúde  Women’s Health Brasil  BNT  SP Bancários  Aproveitando a Terceira Idade Huffpost 

Essa matéria Paroníquia – O que é, causas, sintomas e tratamento foi criada pelo site Área de Mulher.