Esporão, o que é? Causas, perfis mais atingidos e tratamento

O esporão é fruto da calcificação causada por sangramentos no interior dos calcanhares, formando uma pequena protuberância óssea.

O nosso pé é formado por mais de 20 ossos divididos, basicamente, em três regiões: tarso, metatarso e falanges. O tarso é a região responsável pela sustentação do nosso corpo, onde estão localizados os ossos tálus e calcâneo (maior osso do pé), considerados importantes suportes. Esse último osso descrito, dá forma ao calcanhar, tendo como função primordial redistribuir o peso recebido pelo corpo para outras regiões do pé. É exatamente nesse ponto, sobretudo, que se forma o esporão.

Primeiramente, o esporão pode ser definido como o crescimento extraordinário do calcâneo, o osso do calcanhar descrito no parágrafo acima. Também chamado de calcificação, a sensação descrita por aqueles que sofrem do problema é que parece haver o surgimento de uma nova formação óssea na região. E é exatamente isso!

O problema é chamado de esporão do calcâneo devido à protuberância que aparece na região. Ela lembra uma espora, aquele objeto usado nas botas para bater nas costelas do cavalo e faze-lo se movimentar.

A patologia pode causar dores no calcanhar, mas apesar disso, o incomodo não é uma regra – mas certamente é comum. A dor surge quando os pés tocam o chão, e a região precisa sustentar corpo.

O que é o esporão?

Esporão - o que é, como tratar,

Esporão - o que é, como tratar,

Area de Mulher
Portal J Fonte

Como já foi dito anteriormente, o esporão trata-se do surgimento de uma calcificação anormal no calcâneo. Ou seja, é quando os ligamentos do calcanhar, após sofrerem uma calcificação, acabam gerando uma protuberância na região.

É possível identificar a anomalia facilmente, simplesmente, passando a mão e sentindo a formação de um novo ossinho. O esporão calcâneo incomoda bastante a sola do pé.

Apesar de não haver distinção de gêneros, podendo também acometer os homens de plantão, essa patologia atinge proporcionalmente muito mais mulheres. Além disso, a faixa etária mais comum para o aparecimento do esporão é a partir dos 40 anos de idade.

Devido a função de suporte corporal do calcâneo, as dores podem ser, sobretudo, mais intensas. Lembrando novamente que nem todo mundo sente essas dores.

Meias de compressão, o que são? Tratamento, utilidade e como usar

×

Como surge o esporão calcâneo?

Esporão - o que é, como tratar,

Esporão - o que é, como tratar,

Area de Mulher
Drauzio Varella

A princípio, o desenvolvimento da patologia acomete, principalmente, pessoas que passam muito tempo em pé. Ela também é comum em pessoas que forçam bastante a região, como aqueles que praticam esportes como corrida, atletismo, futebol, vôlei e todas as outras atividades físicas que exigem muito da fáscia plantar dos pés.

Em resumo, uma ferida interior ocorre na medida que o desgaste evolui, sendo aí que está o ponto principal da evolução do esporão. Quando surge a ferida, o sangue sofre uma acumulação na região calcânea e acaba se calcificando.

As dores geradas podem irradiar pelo pé e pela perna, porque o osso calcâneo está ligado aos tendões e a ao tecido conjuntivo. Consequentemente, essa ligação também é estabelecida nos músculos da panturrilha. Tudo está de certa forma interligado no organismo.

Por fim, é preciso ressaltar que não é a calcificação em si a responsável pelas dores, mas sim toda a alteração na estrutura na região que está diretamente associada a ela.

Perfis mais atingidos

Esporão - o que é, como tratar,

Esporão - o que é, como tratar,

Area de Mulher
Doctor Shoes

A princípio, os mais propensos à desenvolver a doença são aquelas pessoas na faixa etária entre 40 e 50 anos. Nessa idade o desgaste  ocorre quase que de forma natural.

Outro fator de risco extremamente grande são as pessoas com obesidade. Pois o peso sobre os calcanhares é agressivo para os calcâneos.

Por último, a patologia também pode ocorrer devido a anatomia dos pés. Os pés curvos e chatos também têm mais tendência à desenvolver o esporão. Isso acontece, porque é muito difícil encontrar sapatos adequados para o seu formato.

Tratamento

Esporão - o que é, como tratar,

Esporão - o que é, como tratar,

Area de Mulher
Gaúcha ZH

Inicialmente, o médico irá focar em combater as dores para, consequentemente, melhorar a qualidade de vida do paciente. A forma mais fácil de amenizar os sintomas é abusar das compressas de gelo e, se possível, manter o repouso. Colocar os pés para cima também é muito útil durante o tratamento.

Se o paciente sentir mais dor ao caminhar, então o foco do médico serão as solas dos pés. Para diminuir o impacto das pisadas, palmilhas e sapatos ortopédicos serão rotina para os paciente com esporão.

No entanto, o problema não irá dar respiro se tudo isso não estiver associado a medicamente anti-inflamatórios.

A fisioterapia também é outra prescrição médica que auxilia no desenvolvimento positivo contra a doença. Alongar-se pode aliviar as tensões e dar mais qualidade de vida ao paciente. Por fim, depois de tentar todos os métodos acima, a única saída é, sobretudo, os procedimentos cirúrgicos.

Por fim, para saber mais leia Pés de bailarina impressionam em imagens feitas nos bastidores do balé

Fontes: Drauzio Varella, Saúde Bem Estar, Gaúcha ZH, Hospital Sírio Libanês, Hospital Nove d e Julho Clínica Dr. Hong Jin Pai, Tua Saúde.

Imagens: Drauzio Varella, Portal J Fonte, Gaúcha ZH, Doctor Shoe, Instituto Abathon.

Essa matéria Esporão, o que é? Causas, perfis mais atingidos e tratamento foi criada pelo site Área de Mulher.