ÁREA DE MULHER Dores emocionais – Como o estado emocional afeta a saúde física

Dores emocionais – Como o estado emocional afeta a saúde física

As dores emocionais são desconfortos físicos ou mentais de origem psicológica, causadas por alterações no estado emocional da pessoa. Essa matéria Dores emocionais – Como o estado emocional afeta a saúde física foi criada pelo site Área de Mulher.

Area de Mulher

Sabe aquela dor de cabeça recorrente, ou dor nas costas sentida quase todos os dias? Já parou para pensar que esses incômodos podem ser causados pelo seu estado emocional? Não é todo caso, mas isso acontece muito, as chamadas dores emocionais.

A explicação para isso é que o nosso corpo é um sistema único, ou seja, o estado físico e emocional estão interligados, portanto, o que afeta um, consequentemente afeta o outro. Não tem como simplesmente desassociá-los. Sendo assim, o que afeta o corpo irá trazer efeitos emocionais, bem como o estado emocional sobre o corpo.

Por mais incomodo que a dor possa ser, ela é um mecanismo essencial para nos mostrar que algo não está bem. Sem as dores para nos alertar, causaríamos muitos danos ao nosso corpo sem nenhum alerta. As dores emocionais e físicas, funcionam como uma espécie de painel de um carro, que através das luzes indica que a gasolina está acabando, ou que o motor está muito aquecido ou que algo está errado com o veículo.

Contudo, no caso das dores emocionais, ainda se trata de um assunto delicado, que causa muitas dúvidas, uma vez que não tem uma causa visível em um exame, por exemplo. Mas o fato é que elas existem, e muitas dores sem causa aparentem podem sim ter origem no estado emocional do paciente.

Sendo assim, hoje iremos entender melhor o que são as dores emocionais e a influência do estado emocional sobre a saúde física.

As dores emocionais

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Viva Bem

É comum de todo mundo tentar monitorar as dores físicas que sentimos ao longo da vida. Como dito anteriormente, as dores são um alerta de que algo não está bem na nossa saúde, mas nem sempre ligamos isso a um estado emocional conturbado. As dores emocionais podem ser causadas por vários fatores, como sentimentos de tristeza, ansiedade, angustia e depressão.

Apesar de afetar diretamente a nossa vida e o nosso corpo, a saúde mental ainda é um tema um pouco negligenciado por muitas pessoas, devido um preconceito de que não são problemas reais. Mas são sim, prova disso é as dores emocionais.

As dores emocionais, são sentimentos de incomodo físico e mental de origem psicológica, incitada por experiências emocionais danosas. Tais como pressão no trabalho, problemas familiares, rejeição, um trauma ou perda, entre outros. Contudo, nem sempre as causas das dores é relacionada a acontecimentos negativos.

Ao investigar as causas de um dor específica, os médicos utilizam de exames para analisar os vários sistemas que podem estar relacionados ao incomodo. Através dos exames, vão sendo descartadas as possibilidades em busca do real diagnóstico. De modo geral, as dores podem ser causadas por vírus, bactérias, genética, inflamações, acidentes, má alimentação e estados emocionais nocivos. Apenas um especialista irá poder dar um diagnóstico correto nesses casos.

Influência do estado emocional sobre o corpo

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Sbie

Ninguém está isento de sofrer com uma situação de grande estresse, seja no trabalho ou em casa, frustração quando algo não sai como o planejado, ansiedade por algo importante que está para acontecer. Tudo isso gera um sentimento crescente dentro de nós, se tornando uma pressão psicológica difícil de suportar. Quando isso acontece, é normal surgirem sintomas que atacam o corpo físico.

Sendo assim, essas dores tem relação direta com as emoções que estamos vivenciando. Esses sintomas podem ser indícios de dois tipos de doenças: psicossomática, ou seja, que é detectada em exames laboratoriais, ou uma somatização, que não apresenta nenhuma alteração em exames clínicos, mais ainda assim é sentida pelo paciente.

No caso das doenças psicossomáticas, as causas podem ter uma origem física, com sintomas detectáveis, mas ainda assim ser originada na mente. Muitas patologias de fato tem uma explicação orgânica, porém são influenciadas pelo estado mental da pessoa. Exemplos claros disso, são os sintomas de trato gastrointestinal, que tem origem inflamatória, mas ainda assim pode ser influenciados por estresse e ansiedade.

Já as doenças resultados de um processo de somatização, é comum que o paciente apresente um ou mais sintomas físicos, mas que não explicados por uma condição orgânica, como em quadros de dores crônicas sem causa definida.

Como se dá as dores emocionais

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Psicólogos Berrini

O estresse é uma das emoções que mais afetam a saúde física e mental. Em situações de muito estresse, é comum que os músculos fiquem tensos, resultando em dores específicas. Já a tensão, aumenta o nível de cortisol no sangue, consequentemente alterando o ritmo cardíaco.

Outra causa comum é a alteração emocional relacionada a sentimentos de tristeza e depressão, quando a pessoa tende a ficar desmotivada, com a postura errada e sedentária, refletindo em dores musculares, por exemplo. As regiões mais afetadas, são a cervical, torácica e lombar, uma vez que é a coluna que sustenta o corpo. Portanto, as costas acabam recebendo uma carga maior em situações de estresse e alterações emocionais.

Também é comum, no caso de doenças psicossomáticas, apresentarem alterações de sensibilidade, causando dor, formigamento e até sensação térmica desagradável. Por exemplo, em situações de grande estresse, é comum que as pessoas apresentem desconforto intestinal, como constipação ou diarreia, cólica entre outros. Essas doenças podem se manifestar de diversas formas como:

Gastroenterites: úlcera, gastrite, retocolite; Doenças respiratórias: asma, bronquite; Problemas cardiovasculares: pressão alta, taquicardia; Processos inflamatórios nas articulações: artrite, artrose, tendinite, reumatismo; Problemas dermatológicos: vitiligo, psoríase, dermatite, herpes, urticária, eczema; Enxaquecas e vertigens. 

Principais dores emocionais

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
A Empreendedora

O estado de tensão emocional pode ser causado por diversos motivos, como o trabalho, casamento e relacionamentos, questões familiares e financeiras, entre outros. Bem como solidão, rejeição, traumas e perdas, baixa autoestima e etc. Tudo isso pode estar relacionado ao quadro de dores físicas recorrentes.

Confira a seguir algumas das dores mais comuns relacionadas ao estado emocional:

Dor de cabeça: muito comum durante picos de tensão e excesso de preocupações. Dor na nuca/pescoço: causada por tensão emocional, conflitos para racionalizar sentimentos, pressão para fazer escolhas. Dores musculares: bem comum, resultado de muita tensão e energia acumulada. Dor nos ombros: excesso de tarefas, medo, insegurança e timidez, tudo isso pode refletir no desconforto nessa região. Dor nas costas/lombar:  alta carga de estresse, cobrança e tensão emocional. Dores nas articulações: tendinite ou artrose, causada por picos de tensão, medo e insegurança, sentimento de impotência e inflexibilidade. Dor de estômago: ansiedade, preocupação, irritabilidade, mágoa e tensão. Dor nos joelhos: sobrecargas físicas e emocionais, situações conflituosas, e insegurança.

Tratamento

Dores emocionais - Como o estado emocional afeta a saúde física

Dores emocionais - Como o estado emocional afeta a saúde física

Area de Mulher
Psicólogos Berrini

Não é como se houvesse um remédio ou fórmula mágica para sanar todos esses problemas. O que cabe aqui é cuidar da saúde mental, assim como cuidamos da física. Todo dia você não escova os dentes, toma banho, cuida do corpo, e alimentação? Com a sua mente deve ser feito o mesmo, todos os dias tomar medidas para garantir o bem estar emocional.

Devido a falta de informações, as dores emocionais podem resultar em um certo preconceito, ancorado pela ideia de que a doença é “coisa da cabeça”, como se não houvesse um problema ou até mesmo que a pessoa poderia controlá-lo. E não é assim que funciona.

Sendo assim, o primeiro passo é reconhecer a importância de se cuidar da saúde mental e do bem estar por completo. Porque como dito antes, não tem como separar o físico do emocional, os dois precisam caminhar em equilíbrio. E por isso não deve-se ignorar esses sinais.

O primeiro passo é procurar um profissional para te ajudar a lidar com todas as frustrações e sentimentos nocivos que surgem diariamente, o que não é fácil fazer sozinho. O papel do psicólogo aqui é justamente isso, ajudar o paciente a descobrir as causas das dores, lidar e reagir aos traumas de forma saudável, guiando o caminho para a compreensão das próprias emoções.

Além disso, uma abordagem multidisciplinar, incluindo médico, psicólogo, fisioterapeuta e outros profissionais podem ajudar bastante. No caso de tratamento com remédios, pode incluir analgésicos e anti-inflamatórios e moduladores de serotonina, os chamados antidepressivos.

Enfim, o que você achou dessa matéria? Aliás, aproveite para conferir também Dependência emociona – O que é, como identificar e como superar.

Fontes: Viva Bem Minha Vida Psicólogo e Terapia

Imagens: Brasil Agora Viva Bem A Empreendedora Psicólogos Berrini Sbie Psicólogos Berrini 

Essa matéria Dores emocionais – Como o estado emocional afeta a saúde física foi criada pelo site Área de Mulher.

Últimas