ÁREA DE MULHER Desfralde – Dicas de como ajudar o pequeno a abandonar as fraldas

Desfralde – Dicas de como ajudar o pequeno a abandonar as fraldas

O desfralde é um momento muito importante para o bebê e por isso causa muitas dúvidas nos pais sobre a hora certa de se livrar das fraldas. Essa matéria Desfralde – Dicas de como ajudar o pequeno a abandonar as fraldas foi criada pelo site Área de Mulher.

Area de Mulher

O desenvolvimento de um bebê é repleto de descobertas, tanto para ele quanto para os pais, especialmente os de primeira viagem. Conforme a criança vai crescendo, ela vai descobrindo o próprio corpo, as suas necessidades e autonomias. E o momento de se livrar das fraldas é um uma etapa muito importante para o bebê. Afinal, o desfralde representa um rito de passagem, onde o pequeno deixa de ser um bebê e começar a usar o banheiro por conta própria.

O desfralde é um tópico que deixa muitos papais e mamães apreensivos e ansiosos, até porque se trata de uma grande transformação na vida da criança. Na fase de se livrar das fraldas o pequeno começa a mostrar a sua autonomia e começo da independência.

É importante ter em mente que cada criança é única, e portanto não existe uma idade certa para ocorrer o desfralde. Sendo assim, é essencial não apressar esse processo, e deixar a criança seguir o seu próprio ritmo. Adiantar o desfralde pode ser uma enorme frustração para os pais e causar traumas na criança.

Portanto,  hoje iremos entender melhor sobre o processo de desfralde, dicas de como ajudar o bebê nessa transição e o que deve ser evitado.

O desfralde

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Universa

Quando se fala em desfralde, a primeira pergunta dos pais é qual o momento certo para se livrar das fraldas. Contudo, não existe uma idade exata, isso varia de criança para criança. De acordo com especialistas, até 1 ano e meio o bebê ainda não tem autonomia nem maturidade para essa mudanças. Sendo assim, o período natural para que ocorra o desfralde é entre 18 meses a 4 anos de idade.

O momento do desfralde é também quando o bebê está passando por uma transformações tanto fisiológica quanto psicológica. Afinal, é a fase em que a criança finalmente está preparada para controlar o xixi e cocô. Além disso, a hora de se livrar das fraldas é também o momento em que ele percebe que não é mais um bebê. Então, dependendo de como ele entende esse momento, pode ser uma experiência muito angustiante para a criança.

Portanto, tentar apressar ou pressionar a criança para que ela consiga usar o banheiro por conta própria antes do seu tempo pode trazer consequências péssimas para sua vida. Como por exemplo, ter prisão de ventre, medo de usar o banheiro e até traumas.

Mas tenha uma coisa em mente, quando chegar o momento certo o bebê demonstrará os sinais, e você irá saber. Por isso é muito importante estar atento ao seu comportamento.

Os sinais

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Mães com Ciência

A criança começar a ter controle sobre o seu corpo e autonomia para fazer as suas necessidade é algo natural. Então, não tem isso de cedo ou tarde, o desfralde irá acontecer quando a criança estiver pronta para essa mudança. Quando for o momento você perceberá pelos detalhes e sinais que a criança dá.

Fique atento ao comportamento do pequeno, atitudes como avisar quando fez xixi ou cocô ou quando ele se mostrar incomodado com a fralda suja, mexendo muito ou evitando se sentar nessa situação. Também quando ele mesmo tirar a fralda sozinho, ou ficar muito tempo com a fralda limpa. Assim como o pequeno começar a pedir para ir ao banheiro, seja por ver o irmão ou colegas fazendo o mesmo. Esse tipo de comportamento é um indicativo que o seu filho está preparado para se livrar das fraldas.

Então, nesse momento você deve começar o treinamento, esse que não é simples e demanda tempo e muita paciência. Geralmente, o período de treinamento até a criança conseguir ir ao banheiro fazer suas necessidades leva de quatro a cinco meses. Desse modo, comece questionando a frequência em que ele sente vontade de ir ao banheiro, reforçando que ele avise sempre para que você o acompanhe.

Um detalhe importante, é que as meninas tendem a ficar psicologicamente prontas para o desfralde antes dos meninos. Contudo, isso não é uma regra e varia conforme o amadurecimento de cada criança. Além disso, em alguns casos pode haver a necessidade de retroceder o processo de desfralde. Isso quando a criança fica muito assustada ou pressionada com a situação ou mesmo que tenha uma doença aguda. Sendo assim, o mais indicado é interromper o processo temporariamente.

Desfralde diurno

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
ICIJ

A recomendação é começar com o desfralde diurno, até mesmo para a criança se adaptar a essa nova fase. E então, quando ela estiver acostumada e lidando bem em ficar sem fralda o dia inteiro, os pais podem partir para o desfralde noturno. Até porque o organismo do pequeno tem mais dificuldade de segurar o xixi durante as fases do sono profundo, então isso leva mais tempo.

Dependendo da criança, ela mesma pode pedir para retirar a fralda para dormir, porque pode ficar incomodada. No entanto, mesmo depois de abandonar as fraldas é comum ocorrer alguns escapes. Esse tipo de acidente é totalmente normal e pode ocorrer até os cinco ou seis anos. Portanto, é preciso encará-los com naturalidade e não culpar a criança.

Dicas para ajudar o pequeno a se livrar das fraldas

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Tribuna de Jundiaí

Nessa fase do desfralde a ajuda e compreensão dos pais é muito importante. Algumas atitudes simples podem fazer toda a diferença para a criança. Sendo assim, algumas dicas podem ser de grande ajuda. Confira:

Antes mesmo de começar o desfralde, compre um pinico ou redutor de assento para o pequeno já ir se familiarizando com o objeto. Os pais devem ter muita paciência e tolerância com a criança e não forçá-la a nada. Parabenizar e comemorar com a criança quando ela utilizar o vaso ou o penico pela primeira vez. Mas não torne isso um hábito, porque deve ser algo natural. Evite potencializar o que é ruim, ou reclamar do cheirou ou envergonhar a criança. Use livros e músicas infantis sobre o tema para incentivar a criança a se livrar das fraldas. Compre calcinhas ou cuecas junto ao seu filho, isso é uma forma de encorajá-lo a usar o banheiro. E é importante que ele participe da escolha para ver que existem várias peças divertidas e com personagens que ele pode usar. Coloque um banquinho ou escadinha próxima ao vaso para oferecer mais autonomia para o pequeno usar o banheiro por conta própria. Mas é claro que sobre a supervisão dos pais.

O que não fazer

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Vencer Autismo

Agora que você sabe o que fazer para ajudar o seu bebê no momento do desfralde, é importante também saber o que evitar.

Jamais tente antecipar ou pressionar a criança a fazer o desfralde; Ao fazer o desfralde e notar que a criança não está lidando bem não interromper o processo; Começar o processo de desfralde no inverno, porque nos dias frios o bebê ficar molhado com mais frequência pode ser muito incômodo e nada saudável; Comparar o desfralde do seu bebê com o de outras crianças na mesma idade. Lembre-se que seu filho tem o seu próprio tempo; Demonstrar nervosismo ou demonstração a cada escape. Estamos falando de uma criança que precisa de compreensão para entender as coisas; Não fazer uma rotina para oferecer o banheiro à criança durante o dia; Ser impaciente e esperar que o desfralde ocorra rapidamente, não é assim que funciona e leva tempo; Fazer o desfralde diurno e noturno de uma vez só;

Enfim, o que você achou dessa matéria? Aliás, aproveite para conferir também Maternidade – 10 coisas que ninguém te conta sobre isso.

Fontes: Pais & Filhos Clube Auge

Imagens: Bebês Universa Mães com Ciência ICIJ Tribuna de Jundiaí Vencer Autismo

Essa matéria Desfralde – Dicas de como ajudar o pequeno a abandonar as fraldas foi criada pelo site Área de Mulher.

Últimas