Cúrcuma – O que é, principais benefícios e contraindicações

O seu nome científico é Cúrcuma Longa e pode ser comprada em lojas de remédios naturais, farmácias de manipulação e em mercados por 10 reais.

Também conhecida como açafrão-da-índia ou açafrão-da-terra, a cúrcuma nada mais é do que uma espécie de raiz com propriedades medicinais e uso culinário. Além disso, ela é uma especiaria única, e faz parte da família do gengibre.

No mundo todo há mais de 100 espécies da família cúrcuma. Sobretudo a raiz vem sido utilizado há mais de 4000 anos, principalmente no Oriente Médio e na Ásia. No Brasil, é bastante apreciada na região Centro-Oeste, sobretudo em Goiás. Porém também é muito usada em Minas Gerais.

Ela é basicamente uma planta com folhas longas e brilhantes com cerca de 60 cm com compridas raízes de coloração laranja. O seu nome científico é Cúrcuma longa e pode ser comprada em lojas de remédios naturais, farmácias de manipulação e até em alguns mercados pelo preço médio de 10 reais.

Benefícios da cúrcuma

Cúrcuma, saiba o que é e conheça os seus principais benefícios

Cúrcuma, saiba o que é e conheça os seus principais benefícios

Area de Mulher
Notícias ao minuto

Em síntese ela é muito indicada para problemas como resfriados, sinusites, infecções bacterianas, alterações no fígado, diabetes, lesões, assim como a anorexia e reumatismo.

Veja algumas de suas propriedades farmacológicas:

antioxidante; anti-inflamatória; antibacteriana; antidiarreica; antiescorbútica; antiespasmódica; antifúngica; antiparasitária; antitumoral; antiviral; diurética; hepatoprotetora; neuroprotetora; redutora dos níveis de colesterol; sedativa; Melhora a digestão; Ajuda na perda de peso; Combate resfriados e gripes; Evita crises de asma; Regula a flora intestinal; Regula colesterol; Melhora a resposta anti-inflatória natural.

Além disso, a cúrcuma também pode ajudar no combate ao câncer de estômago. De acordo com um estudo feito por pesquisadores das universidades Federal de São Paulo (Unifesp) e do Pará (UFPA) possíveis efeitos terapêuticos desse pigmento pode sim combater essa doença. Todavia segue em investigação.

Contudo outros trabalhos sugerem ainda que a cúrcuma apresenta efeitos neuroprotetores no tratamento de doenças como Parkinson e Alzheimer. Mas também seguem sendo pesquisadas.

Salsão – O que é, propriedades, benefícios e cuidados

×

Usada como remédio natural

Cúrcuma, saiba o que é e conheça os seus principais benefícios

Cúrcuma, saiba o que é e conheça os seus principais benefícios

Area de Mulher
Homeoterapica

Antes de mais nada, se você tiver tosse ou sentir a garganta raspar, sinal de que uma inflamação pode estar a caminho, portanto confie na cúrcuma. Em suma você pode preparar um remédio natural usando uma pitada de cúrcuma, uma pitada de gengibre e uma colher de chá de mel. Basicamente este remédio promove a defesa imunitária e reduz a inflamação.

Veja essa receita com cúrcuma para inflamação

Misture 1 colher (chá) de cúrcuma com 1 colher (sopa) de gengibre ralado. Acrescente água para fazer uma pasta, aplique-a a um pano limpo e use como compressa sobre a articulação afetada. Outra maneira de aproveitar os poderes anti-inflamatórios da cúrcuma é adicionar 1 colher (sopa) dessa planta a 1 xícara de leite morno antes de dormir.

Outras formas de usar a cúrcuma

Infusão: Primeiramente colocar 1 colher de café de pó de cúrcuma em 150 ml de água fervente e deixar repousar por cerca de 10 a 15 minutos. Logo após de amornar, beber até 3 xícaras por dia no intervalo das refeições; Cápsulas: geralmente a dosagem recomendada é de 2 cápsulas de 250 mg a cada 12 horas, totalizando 1 g por dia, no entanto, a dosagem pode variar de acordo com o problema a tratar; Gel: Misturar uma colher de sopa de babosa com o pó de cúrcuma e aplicar sobre as inflamações da pele, como psoríase.

Usada em alimentos

Cúrcuma, saiba o que é e conheça os seus principais benefícios

Cúrcuma, saiba o que é e conheça os seus principais benefícios

Area de Mulher
Mundo boa forma

O sabor da raíz é levemente picante. Contudo é muito usada como condimento, podendo ser utilizada, por exemplo em:

Ovos mexidos Carnes e caldos Arroz Saladas Pães Peixe Verduras cozidas e refogadas Frango Sopas Macarrão Molhos

Em primeiro lugar use a cúrcuma sempre para complementar o tempero tradicional com sal e alho nas suas receitas favoritas. Em segundo lugar definitivamente a quantidade não deve exceder uma colher de café. E em terceiro lugar prefira diluir primeiro a especiaria em água fria antes de adicionar em suas receitas. Isso vai evitar que o ingrediente empelote.

Receita de frango com cúrcuma
Cúrcuma, saiba o que é e conheça os seus principais benefícios

Cúrcuma, saiba o que é e conheça os seus principais benefícios

Area de Mulher
Caza

Você vai precisar de:

 3 peitos de frango  2 colheres de sopa de óleo  1 colher de chá de cúrcuma em pó  pimenta do reino  sal

Modo de fazer:

Primeiramente prepare o tempero de cúrcuma dos peitos de frango misturando o óleo com a cúrcuma, o sal e a pimenta do reino a gosto. Em seguida limpe os peitos de frango de pele, gordura e osso e corte cada peito de frango em 2 filés.

Logo após esfregue neles o tempero anterior, coloque numa assadeira e reserve por 30 minutos a 2 horas, para que a carne absorva os sabores.

Por fim, depois do tempo indicado leve seu filé de frango com cúrcuma a assar no forno a 200ºC por 10-15 minutos ou cozinhe numa grelha sem gordura até dourar. Em seguida sirva acompanhando com legumes salteados.

Efeitos colaterais

Em síntese, os efeitos colaterais estão relacionados com sua utilização excessiva, podendo causar irritação no estômago e principalmente enjoo. Portanto tenha cuidado com o uso abusivo.

Contraindicações

Cúrcuma, saiba o que é e conheça os seus principais benefícios

Cúrcuma, saiba o que é e conheça os seus principais benefícios

Area de Mulher
Uol

Antecipadamente já digo que a cúrcuma é um produto que apresenta baixa toxicidade, não causando danos quando utilizada em doses de até 10 g/dia. Todavia pessoas que possuem úlceras gástricas ou que apresentam histórico do problema, definitivamente não devem consumir.

Sobretudo pessoas com obstrução de ductos biliares, distúrbios hemorrágicos ou que usam medicamentos que alteram o processo de coagulação também não devem fazer uso.

Contudo o alimento também não deve ser utilizado por grávidas. Bem como seu uso também não é adequado para lactantes e sobretudo crianças.

Por fim, esse foi nosso conteúdo, se você gostou, leia também: Pimenta Caiena- Quais os benefícios, como consumir e contraindicações

Imagem de destaque: Alegro

Fontes: Tudo receitas Brasil Escola Tua Saúde

Essa matéria Cúrcuma – O que é, principais benefícios e contraindicações foi criada pelo site Área de Mulher.