ÁREA DE MULHER Como armazenar alimentos – Dicas de armazenamento e conservação

Como armazenar alimentos – Dicas de armazenamento e conservação

Saber como armazenar alimentos é importante para aumentar a durabilidade dos diversos tipos de alimentos, respeitando suas características. Essa matéria Como armazenar alimentos – Dicas de armazenamento e conservação foi criada pelo site Área de Mulher.

Area de Mulher

Depois de fazer a lista de compras, ir ao supermercado e comprar tudo o que precisa para passar o mês é hora de guardar tudo isso. No caso dos itens não alimentícios, como produtos de limpeza, por exemplo, não tem muita dificuldade. Basta guardar em um lugar limpo e seco e está tudo certo. Já os alimentos são mais difíceis de guardar, justamente por serem perecíveis. Sendo assim, é muito importante saber como armazenar alimentos.

É praticamente impossível fazer compras e conseguir consumir todos os alimentos sem desperdício. Isso porque dependendo da quantidade do alimento e o tempo de durabilidade, é comum que alguns alimentos estraguem nesse meio tempo. Sendo assim, acabam indo para o lixo sendo um desperdício de comida e de dinheiro também.

Portanto, guardar os alimentos corretamente é fundamental e muitas vezes fazemos isso errado. Isso porque cada tipo de alimento tem suas especificidades e um tempo de durabilidade, bem como uma forma de armazenamento que o preserve por mais tempo. Por isso, hoje iremos aprender algumas dica de como armazenar alimentos para prolongar a sua durabilidade e evitar o desperdício.

Como armazenar alimentos

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Jasmine

Como dito anteriormente, cada alimento tem suas características próprias e assim, demanda um cuidado e armazenamento específico. Portanto, vamos conferir dicas de como armazenar alimentos dividindo os grupos alimentares.

Frutas

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Veja São Paulo

Normalmente, as frutas devem ser guardadas em fruteiras em temperatura ambiente. Mas apenas aquelas que serão consumidas rapidamente. Se o intuito é preservar as frutas por mais tempo é preciso armazená-las na geladeira. O primeiro passo de como armazenar as frutas é separando aquelas que emitem etileno, substância responsável pelo amadurecimento.

Sendo assim, frutas como abacate, ameixa, banana, caqui, damasco, kiwi, manga, maçã, mamão, maracujá, pera, pêssego e tomate devem ser guardadas em ambientes ventilados e frescos. Contudo, por amadurecerem muito rápido, se não forem consumidas o quanto antes devem ser guardadas na geladeira, mas sempre em potes fechados ou sacos plásticos. Exceto a banana, que sofre danos devido ao frio.

No caso das frutas que liberam pouco etileno, como abacaxi, caju, limão, carambola, cereja, coco, figo, goiaba, laranja, melancia, morango, tangerina, melão e uva também devem ser guardadas na geladeira. No entanto, sempre na parte debaixo da geladeira, onde é menos frio, sempre em potes ou sacos.

Além disso, tem também a opção de congelar as frutas. Nesse caso o ideal é descascar e cortar em pequenos pedaços, dividir pequenas porções, colocar em sacos plásticos e levar ao congelador. Ou então para quem irá consumir apenas uma parte da fruta, o ideal é guardar a outra parte em um pote na geladeira.

Como armazenar alimentos: verduras e legumes

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Vale Shop

Parte importante de como armazenar alimentos envolve os legumes e verduras, que causam muitas dúvidas na hora de guardar.

As hortaliças, por exemplo, como alface, rúcula, couve e outras folhas no geral são muito perecíveis, justamente por conter muita água e perder esse líquido para o ambiente. Sendo assim, a melhor forma de armazenar folhas é as higienizando logo após a compra e secando bem todas as folhas. Desse modo, podem ser guardas em potes nas partes de baixo da geladeira. Geralmente, essas hortaliças duram cerca de uma semana nessas condições.

Mas nem todos legumes e verduras precisam ser guardados na geladeira, como a batata por exemplo, que pode ter a sua condição alterada em baixas temperaturas. Se forem consumidos em duas semanas, muitos deles nem precisam ir para a geladeira, como cenoura, pepino, chuchu, mandioquinha, beterraba e outros. Mas se o intuito é aumentar a durabilidade dos legumes para além desse período, eles devem ser guardados nas partes inferiores da geladeira.

Laticínios

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Lifestyle ao Minuto

No caso do leite e seus derivados, que são bastante perecíveis é preciso um cuidado extra. Os leites industrializados devem ser guardados de acordo com as instruções da embalagem após abertos, geralmente cinco dias na geladeira.

No entanto, tem um erro muito comum na hora de guardar os laticínios, que é deixar na porta da geladeira. Isso porque nessa parte há uma variação maior da temperatura, o que pode acelerar o processo de deterioração do alimento.

Portanto, o correto é guardar leite e seus derivados nas prateleiras de dentro, preferencialmente nas mais de cima, que são mais frias. No caso dos queijos, eles nunca devem ser congelados, porque isso altera as características do produto. Então, devem ser guardados dentro de potes nas prateleiras da geladeira.

Pães

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Viva Decora

Então, como armazenar alimentos, sendo pães é um pouco diferente. Os pães industrializados já possuem conservantes em sua composição, mas ainda assim é importante mantê-los fechados no saco plástico para manter conservado.

Já os pães caseiros tem tem um tempo de validade menor, e por isso são mais propensos a desenvolver bolores mais rápido. Nesse caso, uma dica para aumentar a sua durabilidade, é adicionar uma colher de vinagre na massa para reduzir o pH do produto. Desse modo, minimiza o aparecimento de bolores antes do tempo. Então, a melhor forma de armazenar é em potes e sacos plásticos em temperatura ambiente.

Como armazenar alimentos: grãos e cereais

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Made

Agora quando o assunto é grãos, como linhaça, aveia, arroz, milho, farinhas entre outros, a dica de como armazenar alimentos é dentro de potes fechados em local fresco. Até porque se tratam de alimentos com pouca ou nenhuma água em sua composição e não precisam ser conservados na geladeira e duram bastante tempo em temperatura ambiente.

No entanto, se o intuito é prolongar ainda mais a conservação desses grãos, você pode colocá-los em garrafas PET higienizadas e secas. Assim, vedar a tampa com fita adesiva, tornando um ambiente seco e livre de oxigênio, que pode deteriorar os grãos.

Carnes

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Sabor à Vida

As carnes são um dos alimentos mais perecíveis que tem. Sendo assim, independentemente de ser carne de bovinos, suínos, aves ou peixes, a melhor opção sempre será  o congelamento. Desse modo, evita a multiplicação de microrganismos presentes nas carnes e aumenta o seu tempo de conservação. Contudo, é importante se atentar à quantidade de gordura da carne, quanto maior o teor de gordura, menor será o tempo de vida do alimento.

Além disso, é importante congelar as carnes em porções separadas em sacos plásticos. Isso porque não é recomendado descongelar a carne e depois congelar novamente o que sobrar.

Embutidos

Area de Mulher

Area de Mulher

Area de Mulher
Ruppenthal

Falando da categoria dos embutidos, que incluem entre outras coisas, a linguiça, salsicha e salame, esses alimentos devem ser armazenados na geladeira. Sendo assim, para conservar por mais tempo, você pode guardá-los no freezer cobertos por papel filme, mantendo a sua umidade natural. Nesse caso, apenas o salame não pode ser congelado, já que perde o sabor e consistência. Quando armazenados no congelador corretamente, os embutidos podem durar até dois meses.

Enfim, o que você achou dessa matéria? Aliás, aproveite para conferir também Como descongelar carne? Como manter a qualidade e o que nunca fazer.

Fontes: Viva Bem Boa Forma

Imagens: Jasmine Pão de Açúcar Veja São Paulo Vale Shop Lifestyle ao Minuto Viva Decora Made Sabor à Vida Ruppenthal

Essa matéria Como armazenar alimentos – Dicas de armazenamento e conservação foi criada pelo site Área de Mulher.

Últimas