Antioxidante – O que é, consumo de alimentos com o elemento e dicas

Antioxidante pode ser encontrado em vários tipos de alimentos, cremes e hidrantes. E possuem muitos componentes que ajudam a manter a saúde.

Primeiramente, a vitamina C é considerada fundamental na rotina de cuidados da pele, além da limpeza, hidratação e proteção. Ela tem poder antioxidante, o que previne muitos problemas, como o envelhecimento cutâneo precoce. Entre os benefícios para o rosto, por fim, está a ação oxidante, que inibe os danos de radicais livres, o que potencializa a ção do filtro solar.

Ela também ajuda a clarear a pele, deixando mais luminosa, uma vez que possui ação inibidora que forma a melanina, evitando que surjam manchas. Ajuda também na formação de novas fibras de colágeno, e previne formação de rugas, linhas de expressão e flacidez. Para potencializar, junte a vitamina C com outro antioxidante, a vitamina E.

Ela fortalece a imunidade de células, minimizando a formação de rugas e o ressecamento da pele. Além disso pode ser mesclado com ácido hialurônico, focando no rejuvenescimento, além do ácido salicílico que otimiza o tratamento de oleosidade. Aposte em ativos que contenham textura sérum, que é leve, fluido e não tem resíduos gordurosos, além de ir bem como qualquer tipo de pele.

O que são antioxidantes?

Antioxidante - o que é, como consumir e dicas

Antioxidante - o que é, como consumir e dicas

Area de Mulher
Imagem: Sallve

São moléculas que neutralizam radicais livres, átomos ou moléculas instáveis que são responsáveis por oxidação de células. São de extrema importância, caso que evitar o envelhecimento da pele. Posto que, eles também impedem que as células sejam atacadas e lesionadas. Além de reparar danos causados por consequência dessas moléculas.

Existem dois tipos de antioxidantes, os enzimáticos e os não enzimáticos. Os enzimáticos são produzidos naturalmente pela pele, já os não enzimáticos são por exemplo, vitaminas C, E, betacaroteno e flavonoides. Eles combatem o envelhecimento cutâneo, e protegem da poluição, radiação infravermelha e fotossensibilidade. Eles são encontrados em alguns alimentos.

O corpo também precisa de cuidados com antioxidantes. Tanto quanto hidratantes e séruns são ótimos e possui tecnologia inovadora, reduzindo celulites, gordura localizada, firmeza de pele, ressecamento e envelhecimento precoce. Além de ser anti-inflamatório.

Ácido glicólico – O que é, como usar, indicações e contraindicações

×

Consuma alimentos que são ricos em antioxidante

Antioxidante - o que é, como consumir e dicas

Antioxidante - o que é, como consumir e dicas

Area de Mulher
Imagem: Super Clube Fit

Alimento antioxidante é essencial para a saúde. Frutas cítricas protegem a pele contra danos causados pela exposição à radiação solar. Já a vitamina E, que predomina em grãos e sementes oleaginosas, impede, assim, danos causados por radicais livres que se associam a doenças como a artrite ou a catarata.

Certamente, tendo uma alimentação saudável, com frutas, legumes e verduras, você deixa sua pele mais bonita e seu corpo mais saudável. Nesse sentido, responsáveis pela eliminação dos radicais livres do organismo, os flavonoides são capazes de prevenir doenças cardiovasculares, e são encontrados em sucos de uva e vinhos tintos.

Já o betacaroteno, presente em alimentos amarelos e laranjas, além de vegetais escuros, agem também como antioxidantes, que, por conseguinte, protegem as células de efeitos nocivos de radicais livres.

Mitos e verdades sobre antioxidantes

Antioxidante - o que é, como consumir e dicas

Antioxidante - o que é, como consumir e dicas

Area de Mulher
Imagem: Nutrativa

Após uma pesquisa feita por pesquisadores da Universidade de Nova York, nos Estados Unidos, concluíram que comer azeite, peixes, frutas e hortaliças agem como escudo contra efeitos da poluição. Confira em seguida alguns mitos e verdades sobre antioxidantes:

Quanto mais oxidante, melhor é um mito

Consumir muitos oxidantes trazem risco de toxicidade, e alguns outros problemas, como por exemplo, a pedra nos rins.

Aumentar a ingestão de frutas e verduras é verdade

É recomendação da Organização Mundial da Saúde é que sejam consumidos 400 gramas de verduras e frutas por dia. Quanto mais colorido for o prato, melhor. Tons roxos significam antocianinas. Polpas vermelhas e laranja, todavia, são fontes de carotenoides. Hortaliças e frutos são fontes de vitaminas e sais minerais.

Antioxidantes não curam doenças, é mito

Ele não cura, apenas previne. Manter bons níveis de substâncias na dieta e organismo colaboram com a redução de risco de problemas ligados ao envelhecimentos, como por exemplo, tumores. Brócolis, couve-flor, couve-manteiga e couve-de-bruxelas são da turma dos crucíferos e possuem compostos bioativos como sulforafano. Ela defende células de toxinas e neutraliza agentes que são capazes de gerar danos no DNA, o que pode gerar o câncer.

Falar que todo antioxidante é igual é um mito

Existem várias diferenças entre eles, que possuem afinidades e estruturas diferentes. A vitamina E é lipossolúvel e compatibiliza com membranas celulares, que possuem gordura. Eventualmente, a vitamina C é hidrossolúvel, e é meio aquoso. Já os vegetais combinam produção de fitoqúimicos.

Conversar com profissionais sobre é uma boa

Esse tipo de suplementação deve ser restrita para pessoas que possuam déficit de nutrientes ou para atletas de alta intensidade. Embora, não é todo esportista que tem que ir além do cardápio. Quanto maior o condicionamento da pessoa, mais antioxidantes vão ser fabricados para suprir a demanda.

É verdade que existem ingredientes pró-oxidantes

Quando caprichado a ingestão de vegetais, os compostos bioativos de efeito antioxidante melhoram a habilidade de neutralizar processos oxidativos. Se dúvida, o exagero em outros alimento tem ação contrária. Quando o consumo de açúcar é elevado, as gorduras trans e álcool pendem a balança para a oxidação. Portanto, também contribui para processos inflamatórios.

É verdade que alimentos perdem antioxidantes quando são cozidos

Dependendo do tipo de comida, algumas ficam até mais disponíveis para o corpo quando passam pelo fogo. A cenoura e o tomate são melhor aproveitados depois de cozidos, por exemplo. O truque é acrescentar fio de óleo aos vegetais para otimizar a absorção do corpo, o azeite é ótimo para isso. Alimentos roxos, devem ser consumidos crus. As antocianinas se perdem no calor. O mesmo acontece com frutas cítricas.

Antioxidantes não são a chave para uma vida longa

A expectativa de vida é pautada por séries de fatores genéticos e ambientais. Entretanto, além de outros hábitos, como a ingestão adequada de proteínas, carboidratos e gorduras. A lista de alimentos consumidos deve conter frutas, hortaliças, peixes, carnes magras, ovos, castanhas, cereais integrais, entre outros. Além, é claro, de praticar exercícios, dormir bem e evitar o uso de tabaco e abuso de álcool.

Nem tudo é fonte de antioxidante

Mesmo que existam vários tipos existentes, muito cuidado para não se iludir. Sucos integrais e farinhas feitas com sementes de uva são interessantes, mas o ideal é se orientar com especialistas antes de comprar itens específicos. Porque tudo varia de acordo com cada perfil.

É mito pensar que não há contraindicação para suplementos

Suplementos são bem vindos, desde que consumidos no contexto certo. Comece a consumir uma vez que um profissional da saúde determine tudo certo.

Exemplos

Antioxidante - o que é, como consumir e dicas

Antioxidante - o que é, como consumir e dicas

Area de Mulher
Imagem: Suplementos forma

Confira, em seguida, alguns exemplos de alimentos com poder antioxidante:

Vitamina A: Manga, espinafre, gema de ovo, fígado;

Vitamina C: Sem dúvida a laranja, acerola, caju, morango;

Vitamina E: Azeite de oliva, nozes, abacate;

Selênio: Castanha-do-pará, frango, feijão, leite;

Zinco: Peixes, frutos do mar, cereais;

Betacaroteno: Cenoura, abóbora, mamão;

Licopeno: Goiaba, tomate, melancia;

Antocianinas: Jabuticaba, açaí, repolho roxo;

Catequinas: Chá-verde, cereja, pera;

Quercetinas: Maçã, cebola, chocolate amargo;

Resveratrol: Uva, vinho tinto, amendoim;

Sulforafano: Por fim, brócolis, couve, couve-flor.

E então? Gostou da matéria? Confira também:

Fontes: Dermaclub, Loja Adcos, Saúde abril

Imagem de destaque: Nutrativa

Essa matéria Antioxidante – O que é, consumo de alimentos com o elemento e dicas foi criada pelo site Área de Mulher.