15 livros que viraram filme ou série de sucesso para você ler também

Confira os livros que deram origem a séries ou  vice-versa, e embarque em uma aventura pelo mundo da imaginação, que só os livros oferecem

Já leu o livro? Não, só assisti ao filme. Veja 15 livros que deram origem a séries e filmes de sucesso

Já leu o livro? Não, só assisti ao filme. Veja 15 livros que deram origem a séries e filmes de sucesso

Pixabay/Reprodução

Assistir à série ou ler o livro? Eis a questão. Na verdade, as experiências são diferentes e uma não anula a outra, pois enquanto as séries conduzem por sons, interpretações de bons atores, e as imagens aparecem sem qualquer esforço da imaginação, os livros proporcionam exatamente a emoção contrária, onde cada cena é criada no desenrolar das palavras lidas. É como criar o seu prório filme na mente e saber que só você o assistirá daquele jeito.

Confira alguns sucessos que, mesmo já tendo maratonado a série, vale a leitura e as descobertas particulares em cada capítulo.

O box The Outlander: livros 5, 6, 7 e 8 traz os 4 últimos volumes do livro que teve suas primeiras histórias escritas em em 1991, por Daiana Gabaldon (A viajante do tempo). Os livros contam as aventuras da enfermeira inglesa Claire Randall, que viaja com seu marido Frank, para uma segunda lua de mel, na Escócia, depois de anos de separação por conta da Segunda Guerra Mundial. Pouco depois, Clarie se  descobre sozinha, no ano de 1743, durante os levantes jacobitas. Nesse ambiente, Claire, conhece o guerreiro escocês Jamie Fraser e Jonathan Randall, antepassado de Frank, capitão inglês e um de seus maiores pesadelos na trama, que estreou como série em 2016 e está na 4º temporada.

Escrito pelo "Rei do Terror" Stephen King e publicado em 2009, o livro Under the Dome: A Novel teve sua adaptação para série de TV em 2013. Em três temporadas, a série conta um inexplicável e repentino isolamento, da cidade de Chester's Mill, no Maine (EUA), do resto do mundo, por um campo de força. Aviões colidem e caem do céu em chamas, a mão de um jardineiro é cortada na "cúpula", as pessoas são separadas de suas famílias e os carros explodem com o impacto. Ninguém pode imaginar o que essa barreira é, de onde veio, e quando, ou se, irá embora.

O primeiro livro da saga A Guerra dos Tronos : As Crônicas de Gelo e Fogo, escrita por George R. R. Martin foi publicada originalmente em 6 de agosto de 1996, e de lá para cá, ganhou vários prêmios de literatura, como "World Fantasy Award", em 1997. Do livro surgiram jogos de cartas colecionáveis, jogos de tabuleiro, o famoso RPG e a série televisiva, baseada em "As Crônicas de Gelo e Fogo", intitulada Game of Thrones, que estreou em 2011. Em 8 temporadas, a série narra a luta entre casas rivais, desenvolvida após a morte do rei Robert. O trono é reivindicado por seu filho primogênito, Joffrey, apoiado pela influente e poderosa família de sua mãe, os Lannister.

O livro Cidade do Fogo Celestial é o 6º livro da coleção "Os Instrumentos Mortais" e está entre os mais vendidos. Foi escrito por Cassandra Clare e originalmente publicado nos Estados Unidos, em março de 2007. A série literária é composta por Cidade dos Ossos, Cidade das Cinzas, Cidade de Vidro, Cidade dos Anjos Caídos e Cidade das Almas Perdidas. A fantasia urbana, virou o filme Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossosem 2013 e a série Shadowhunters (Caçadores de sombra), em 2016. A história se passa em Nova York e narra a vida da adolescente Clarissa, que mora com a mãe, um “tio” postiço e o melhor amigo, Simon, que nutre por ela uma paixão secreta. A virada acontecequando ela e Simon visitam um clube e Clarissa se torna testemunha ocular do assissinato de um rapaz, morto por três adolescentes, mas ninguém acha o corpo e apenas ela vê os tais assassinos. A mãe então é raptada por demônios e ela descobre a existência dos Caçadores das Sombras.

Um clássico da fantasia e da ficção científica, Uma dobra no tempo (A Wrinkle in Time) virou filme em 2018, com direito a megaprodução da Disney e direção de Oprah Winfrey. Já o romance homônimo, foi escrito em 1962, pela escritora Madeleine L'Engle e conta a história fantástica de uma família diferente. Um casal de cientistas e seus filhos com inteligência peculiar e acima da média. Trata de bullying, diferenças e do ódio semeado por elas, mas também fala do amor.

Enquanto livro, O jardim secreto, escrito em 1911 por Frances Hodgson Burnett, narra a história de duas crianças solitárias que decidem restaurar um jardim proibido, cujo mistério remete a um acidente ocorrido anos atrás. A amizade improvável entre os dois personagens funciona como uma metáfora para a descoberta do mundo e para o autoconhecimento. O livro já inspirou diversas montagens no teatro e três filmes, entre eles, o longa americano O Jardim Secreto, de 1993, dirigido pela polonesa Agnieszka Holland e vencedor do prêmio Bafta.

Clube da luta é idealizado por Tyler Durden, que acredita ter encontrado uma maneira de viver fora dos limites da sociedade e das regras sem sentido. Mas o que está por vir de sua mente pode piorar muito. O livro serviu de base para o filme homônimo, de David Fincher, em 1999, procurando adaptar a atmosfera do livro, o mundo caótico do personagem e o humor ácido do autor.

Publicado em 2010 Orange Is The New Black, de Piper Kerman, conta a sua experiência com a lavagem de dinheiro, o narcotráfico e sua condenação em uma prisão federal feminina. A adaptação para série de TV surgiu em 2013 e a 7º e última temporada foi lançada em 2019. Sucesso total, a série faturou 4 Prêmios Emmy sob a direção de Jenji Kohan. 

Premiado por Oscars, BAFTAs, Globos de Ouro e Critic's Choice Award, em diversas catergorias, Doze anos de escravidão o filme, de 2013, conta a história real e nada glamourosa de Solomon Northup, um negro livre, que vive em paz ao lado da esposa e filhos, em 1841. Após aceitar um trabalho, que o leva à outra cidade, ele é sequestrado, acorrentado e vendido como se fosse um escravo. Solomon precisa superar humilhações físicas e emocionais para sobreviver. Ao longo de doze anos, ele passa por dois senhores, Ford e Edwin Epps, que, cada um à sua maneira, exploram seus serviços. O livro, publicado em 1853, trata-se das memórias de Solomon, autor do livro.

Gossip Girl: É você que eu quero é o 6º volume da série literária Gossip Gril, escrita por Cecily von Ziegesar. A trama gira em torno das vidas e romances de adolescentes socialites privilegiadas, de uma escola de elite, no Upper East Side de Nova York. Publicados entre 2002 e 2011, os livros se concentram principalmente nas melhores amigas Blair Waldorf e Serena Van Der Woodsen, cujas experiências estão entre aquelas narradas pela blogueira de fofocas de mesmo nome. A história é baseada nas experiências da autora e no que ela ouviu de amigos. Em 2007, Josh Schwartz e Stephanie Savage, diretores da adaptação para série de TV, lançaram o primeiro episódio da produção, que tem 6 temporadas.

Escrito por Becky Albertalli e publicado em 2015, o livro Com Amor, Simon trata com naturalidade e bom humor a afirmação e os dilemas de Simon Spier, um adolescente gay, que não conversa sobre isso com ninguém. Ele não vê problemas em sua orientação sexual, mas rejeita a ideia de ter que ficar dando explicação para as pessoas. Enquanto troca e-mails com um garoto misterioso que se identifica como Blue, Simon vai ter que enfrentar, além de suas dúvidas e inseguranças, uma chantagem inesperada. A adaptação não demorou muito para acontecer. Em 2018, o romance dramático ganhou as telonas, dirigido por Greg Berlanti.

Os petlovers que foram às lágrimas com a adaptação de Marley e Eu para os cinemas, em 2005, precisam ler a história escrita pelo escritor e jornalista norte-americano John Grogan, baseado em uma história real, que conta a vida e o amor de seu dono pelo "Pior Cão do Mundo". Através de uma narrativa em primeira pessoa, John Grogan relata a história real de seu cachorro da raça labrador chamado Marley e sua participação durante treze anos na sua vida, juntamente com os seus três filhos.

Além do romance de horror, que conta experiências pessoais do autor, o título O iluminado, az jus aos brilhantes artistas envolvidos na trama, tanto no filme, como no livro. Escrito por Stephen King, em 1977, a adaptação para o cinema, em 1980, foi dirigida por Stanley Kubrick e teve Jack Nicholson, como intérprete de Jack Torrance, um aspirante a escritor e alcoólatra em recuperação que aceita o emprego de zelador, na baixa temporada do famoso Hotel Overlook, nas montanhas do Colorado. Jack se muda para lá com sua esposa e filho. Danny, seu filho, é “Iluminado", que no contexto da história significa que ele possui um conjunto de habilidades psíquicas, que o permitem ver o passado horrível do hotel. Uma tempestade de neve deixa a família presa nos arredores e forças sobrenaturais que habitam o hotel começam a influenciar a sanidade de Jack, colocando em perigo sua esposa e filho. Em 1997, o livro foi adaptado para uma minissérie de televisão e o livro ganhou uma sequência, em 2013, intitulada Doctor Sleep (Doutor Sono).

Publicado em 2016, A vida invisível de Eurídice Gusmão, o primeiro romance de Martha Batalha, virou filme em 2019. A história acontece no Rio de Janeiro dos anos de 1940. Guida Gusmão desaparece da casa dos pais sem deixar notícias, enquanto sua irmã Eurídice se torna uma dona de casa exemplar, mas nenhuma das duas parece feliz em suas escolhas. Além desta, outras narrativas são apresentadas no decorrer da história, para tratar de violência, marginalização e injustiça com humor, perspicácia e ironia.

Kit The Walking Dead traz "A Ascensão do Governador" e "O Caminho para Woodbury", os dois primeiros livros da série literária de oito volumes, escritos por Jay Bonansinga. Os livros tiveram origem de uma série em quadrinhos, escritos por Robert Kirkman, Tony Moore e Charlie Adlard, com publicação mensal nos Estados Unidos. A série para a TV, desenvolvida por Frank Darabont veio em 2010 e é uma das mais assistidas pelo mundo. A história trata de um pequeno grupo de sobreviventes de um apocalipse de zumbis. Os sobreviventes são vistos em busca de refúgio e de um local seguro, longe das hordas de mortos-vivos, que devoram pessoas e cuja mordida é infecciosa para os seres humanos. O enredo é voltado principalmente para os dilemas que o grupo enfrenta, como a luta para manterem-se vivos, os sentimentos confusos e os desafios do dia-a-dia em um mundo hostil e praticamente dominado por mortos-vivos.